quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

CASO ELOÁ


O caso Eloá foi o mais longo cárcere privado do Estado de São Paulo
O caso Eloá foi o mais longo cárcere privado do Estado de São Paul



RESUMO DO CRIME


Inconformado com o fim do namoro com Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, Lindemberg, então com 22, fez reféns a jovem, a melhor amiga dela, Nayara Rodrigues da Silva, e dois rapazes. Às 20h, o pai de um dos meninos, estranhando a demora do filho, bate à porta do apartamento em que Eloá morava e ouve Nayara dizer para ele se afastar. A polícia é acionada e cerca o local. No mesmo dia, os dois garotos são liberados, mas as amigas ficam sob a mira do revólver de Lindemberg. Do lado de fora, jornalistas, policiais e populares acompanham o sequestro.

No final da noite do dia seguinte, Nayara é libertada pelo sequestrador. A garota, em uma decisão criticada, voltaria na manhã do dia 15 ao cárcere, depois de já ter prestado depoimento à polícia, para negociar. Nayara só sairia de novo do local, ferida, no dia 17, com Eloá e Lindemberg. Às 18h08 daquela sexta-feira, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), em ação polêmica, invadem o apartamento. Tiros são disparados. Eloá e Nayara são atingidas: Eloá, na virilha e na cabeça, e a amiga, no rosto. Lindemberg, sem ferimentos, é detido e levado para o 6º DP. A ex-namorada morreria no dia seguinte, às 23h30.



SENTENÇA

Lindemberg Alves, de 25 anos, foi condenado a pena máxima pelo assassinato da ex-namorada Eloá Pimentel, em Santo André, ABC paulista. Após quatro dias de julgamento, a juíza Milena Dias deu a sentença na tarde desta quinta-feira, 16. O crime ocorreu em 2008.
Ele foi condenado por 12 crimes, incluindo homicídio doloso de Eloá, dupla tentativa de homicídio contra Nayara Rodrigues e o sargento da PM Atos Valeriano (ambos baleados), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Ao todo, Milena o condenou a 98 anos e 10 meses de prisão em regime fechado, mais pagamento de 1.320 dias/multa. No entanto, pela legislação penal brasileira, o tempo máximo de prisão é 30 anos.





2 comentários:

Anônimo disse...

Vocês sabem quando se dará a posse dos novos guardas?,e se primeiro será a nomeação? obrigado

A.G.M.B.R. disse...

Ainda não temos informações sobre as datas...